Governo avalia criação de Zona Tampão no MS
CI
Agronegócio

Governo avalia criação de Zona Tampão no MS

O objetivo dos governos é criar uma área de proteção contra a febre aftosa
Por:

O secretário de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Gabriel Alves Maciel, reúne-se neste sábado (10-02), em Campo Grande, com o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, para discutir as regras da zona tampão na fronteira do Estado com o Paraguai. O objetivo dos governos federal e estadual é criar uma área de proteção contra a febre aftosa no território brasileiro. A medida é uma das exigências da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) para que o MS volte a ser considerado como livre da doença com vacinação, o que permitirá seu reingresso no comércio internacional de carne bovina.

Além de Maciel e Puccinelli, vão participar da reunião o diretor do Departamento de Saúde Animal do Mapa, Jamil Gomes de Souza, e representantes dos pecuaristas sul-mato-grossenses e dos sindicatos rurais estaduais. Há um consenso entre os setores público e privado que o MS precisa tomar medidas preventivas para proteger o seu rebanho bovino – o segundo maior do País, com cerca de 26 milhões de cabeças. A fronteira do MS com o Paraguai tem 1.104 quilômetros – 409 quilômetros de fronteira seca e 695 fluvial.

Os governos federal e estadual, adiantou Maciel, estão avaliando medidas compensatórias para evitar prejuízos aos pecuaristas que tenham fazendas na região fronteiriça do MS com o país vizinho. “Os governos estão estudando uma forma de compensação como medida para impedir possíveis prejuízos”, disse o secretário da Defesa Agropecuária. Na zona tampão, o trânsito de animais e seus produtos é controlado rigorosamente para que não haja propagação da doença. A reunião será realizada a partir das 8h30, na sede da Federação da Agricultura e Pecuária do Mato Grosso do Sul (Famasul).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink