Governo avalia perdas na pesca

Agronegócio

Governo avalia perdas na pesca

A Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (Seap) deve enviar hoje à presidência da República um relatório
Por:
1 acessos
A Secretaria Especial de Aqüicultura e Pesca (Seap) deve enviar hoje à presidência da República um relatório sobre as perdas à pesca e piscicultura (produção em cativeiro) provocadas pela estiagem em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. No sábado, o assunto esteve na pauta de reunião, em Chapecó (SC), entre Seap, Comissão Nacional de Defesa Civil e pescadores para avaliar esses prejuízos.


Luís Alberto Sabanay, gerente-executivo regional da Seap, diz que o governo estudará ação emergencial contra a situação. Dados da Seap apontam que 20% dos piscicultores catarinenses tiveram perda total ou parcial com a seca. Santa Catarina reúne 3,9 mil pescadores e responde por 15% da produção pesqueira do país. No Rio Grande do Sul, onde 5 mil famílias vivem da pesca no rio Uruguai, as perdas chegam a 60%. O Estado responde por 7,4% da produção nacional. A estiagem reduz o índice de reprodução dos peixes. (CB)

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink