Agronegócio

Governo de Mato Grosso cobra liberação do Fundo de Exportação

Eles trataram da renegociação da dívidas das obras das copa em Cuiabá e Várzea Grande que representam R$ 1,6 bilhões.
Por:
572 acessos

O  ministro chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, reuniu-se, ontem à noite, no Palácio do Planalto, com o governador Pedro Taques. Eles trataram da renegociação da dívidas das obras das copa em Cuiabá e Várzea Grande que representam R$ 1,6 bilhões. O governo mato-grossense quer carência para pagar as parcelas e expôs que parte das obras está inacabada. Foram debatidas alternativas para a conclusão do VLT - Veículo Leve Sobre Trilhos-. O governo do Estado tem cerca de R$ 400 milhões para aplicar na obra mas ainda faltariam cerca de R$ 200 milhões para colocar o VLT "rodar". Taques expôs a Padilha que "a dívida relativa à Copa representa 40% do total da dívida do Estado".

O governador informou que está "articulando com os governadores das 11 subsedes da Copa de 2014 para ganhar mais peso na renegociação da dívida referente a essas obras. Queremos ganhar fôlego nas dívidas para sairmos dessa crise e reforçarmos os investimentos".

Ele voltou a cobrar do governo federal a liberação da parcela FEX - auxílio financeiro de fomento as exportações- de 2016, que representam R$ 391,7 milhões. No último dia 3, havia sido paga mais uma parcela atrasada do governo Dilma, referente ao ano de 2015, que era de R$ 103 milhões. No governo da presidente afastada, houve sucessivos atrasos nos repasses.

Hoje, Taques volta a tratar do assunto em audiência com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Ele também vai se reunir com o ministro da Agricultura, Blairo Maggi, para assinar convênios
O governador esteve na audiência com Eliseu Padilha acompanhado do senador José Medeiros (PSD), os deputados Nilson Leitão (PSDB) e Fabio Garcia (PSB) e do secretário de Comunicação, Jean Campos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink