Governo de Minas atende produtores de café e abre nova linha de crédito

Agronegócio

Governo de Minas atende produtores de café e abre nova linha de crédito

Foram direcionados R$ 300 milhões do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé)
Por:
1134 acessos
Em atendimento a uma reivindicação das Comissões de Café da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (FAEMG), o governou abriu uma linha de crédito especial que vai permitir que os cafeicultores refinanciem dívidas de empréstimos bancários. Foram direcionados R$ 300 milhões do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) para a nova linha de financiamento.


Segundo o presidente das Comissões de Café da CNA e FAEMG, Breno Mesquita, a principal novidade é a possibilidade de o cafeicultor usar parte dos recursos para adquirir opções no mercado futuro e, assim, travar os preços do produto pelos próximos cinco anos, em valores acima do custo de produção. Cada produtor poderá contratar até R$ 200 mil, a juros de 6,75% ao ano. O financiamento deverá ser pago em até cinco anos. A primeira parcela vence em setembro de 2012.


Conforme informações do Ministério da Agricultura, terão acesso ao financiamento os cafeicultores com saldo devedor de financiamentos utilizados exclusivamente na lavoura do grão. Os recursos da linha especial não poderão ser utilizados para pagamento de débitos de linhas de investimento e pré-comercialização, bem como de saldos devedores de outras renegociações, incluindo o Programa Especial de Saneamento de Ativos (Pesa) e a securitização.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink