Governo detalha em Lucas Rio Verde a construção da ferrovia
CI
Agronegócio

Governo detalha em Lucas Rio Verde a construção da ferrovia

A Ferrovia terá extensão de 1.638 km
Por:
Está confirmada para a próxima sexta-feira (24) reunião participativa para tratar sobre a concessão da Ferrovia de Integração Centro-Oeste (Fico), em Lucas do Rio Verde, onde está prevista construção de um terminal de cargas. Os debates serão na Fundação Rio Verde a partir das 14 horas, durante o Encontro Nacional de Tecnologias de Safras (Entec$). O diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Carlos Fernando do Nascimento vai debater com prefeitos, dirigentes de entidades do setor produtivo, agricultores o traçado da ferrovia, prazos para licitação, início das obras e outros aspectos.


Este será o segundo encontro em Lucas do Rio Verde para a tomada de subsídios. O primeiro acontece no dia 21 em Brasília. E, de acordo com a ANTT, no mês de junho deve ser realizada uma audiência pública em Cuiabá. A publicação do edital de licitação está prevista para outubro. Há cerca de 3 anos, houve outro encontro em Lucas, articulado pelo ex-prefeito Marino Franz e o ex-diretor do DNIT, LUiz Pagot, que reuniu o então secretário (que depois virou ministro) do Ministério dos Transportes, Paulo Passo, senadores, deputados e demais lideranças.


A Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico) terá extensão de 1.638 km, partindo da Ferrovia Norte-Sul em Campinorte (GO), passando por Lucas do Rio Verde, cortando o Mato Grosso até chegar em Vilhena (RO). O projeto da Fico, que será executado em duas etapas e terá investimentos de mais de R$ 6 bilhões, contemplará uma das regiões do país mais prósperas na produção de grãos e carne, porém, bastante carente no que se refere à logística de transporte.


Caso não haja percalços de ordem ambiental ou com o Tribunal de Contas da União (TCU), os trilhos da Fico devem cortar Lucas do Rio Verde em fins de 2017 ou início de 2018. Quando a ferrovia estiver concluída, a expectativa é de que o custo de transporte da safra de grãos seja reduzido em pelo menos 50%, informa a assessoria.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.