Governo deve agilizar operação de subvenção do seguro rural

Agronegócio

Governo deve agilizar operação de subvenção do seguro rural

A liberação dos R$ 300 milhões será agilizada para evitar prejuízos
Por:
556 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
A liberação dos R$ 300 milhões restantes, destinados ao prêmio de seguro rural para a safra agrícola deste ano, com atenção especial ao milho (1ª e 2ª safra), soja, sorgo e demais culturas, deverá ser agilizada de forma a evitar atrasos ou prejuízos ao produtor. A informação foi dada pelo diretor do Departamento de Gestão e Risco Rural do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ricardo Gomes.

O tema foi discutido em reunião da Câmara Temática de Financiamento e Seguro do Agronegócio do Mapa, colegiado do qual a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) faz parte. Segundo ele, de janeiro a julho deste ano, foram liberados R$ 400 milhões pelo Tesouro para as operações de subvenção ao Prêmio do Seguro Rural.

O assessor técnico da Comissão Nacional de Cerais, Fibras e Oleaginosas da CNA, Alexandre Câmara, explicou que, na safra passada, os produtores interessados na contratação do seguro rural enfrentaram dificuldades em razão da demora na liberação dos recursos . 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink