Governo dialoga com segmento e discute futuro da piscicultura para Alagoas

Agronegócio

Governo dialoga com segmento e discute futuro da piscicultura para Alagoas

Comitê Território das Águas sentou para discutir estratégias de fortalecimento do setor
314 acessos

Comitê Território das Águas sentou para discutir estratégias de fortalecimento do setor

O Comitê do Território 'Encontro das Águas' discutiu as diretrizes para o fortalecimento e atuação do colegiado em Alagoas, que visa objetivamente o manejo das regiões lagunares de Alagoas. Onze municípios estão envolvidos nas discussões que definem o futuro do segmento, sobretudo, no que diz respeito a piscicultura.

Além de representantes da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri), Incra, Conab, Banco do Nordeste, Ufal, Fetag, Batalhão Ambiental da PM, participaram também no comitê, representantes dos quilombolas, indígenas, pescadores, associações, cooperativas, entre outros.

O Território "Encontro das Águas" foi batizado dessa forma por compreender o território Litoral Sul, Mata Sul e Regiões Lagunares de Alagoas, e possui 11 municípios participantes: Maceió, Coqueiro Seco, Satuba, Santa Luzia do Norte, Rio Largo, Teotônio Vilela, Jequiá da Praia, São Miguel dos Campos, Barra de São Miguel e Marechal Deodoro.

Como informa Samyra Martins, assessora de Inclusão Produtiva, a reunião serviu para avaliar estratégias para fortalecer o colegiado, cujo propósito é pensar em dinâmicas para continuar desenvolvendo as atividades das plenárias territoriais.

Edson Maruta, assessor técnico da Seagri, ressalta que a instalação do Comitê do Território “Encontro das Águas” é de grande significado para os segmentos representados e que o Governo de Alagoas, por meio da Seagri, vai contribuir com projetos que serão desenvolvidos, a exemplo do que vai tratar do monitoramento das lagoas.

Regina Santiago, que representa a Associação de Empreendedores de Turismo do Litoral Sul, destacou a importância da reunião do fórum e afirmou que a participação do Governo de Alagoas, por intermédio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura, será fundamental para o desenvolvimento dos projetos na área de piscicultura e também no repovoamento das lagoas.

A próxima reunião foi definida para os dias 17 e 18 de novembro próximo, em Maceió, já com o Núcleo diretivo formado por titulares e suplentes.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink