Governo do Japão promove desenvolvimento de alimentos GM

POLÍTICA

Governo do Japão promove desenvolvimento de alimentos GM

Isso contrasta com as regras mais rigorosas sobre alimentos geneticamente modificados
Por: -Leonardo Gottems
122 acessos

 

O governo do Japão anunciou que irá desenvolver algumas políticas públicas para facilitar o desenvolvimento de alimentos geneticamente modificados no país. A primeira delas foi de que a maior parte dos alimentos atualmente em desenvolvimento com técnicas de edição genética pode ser comercializada sem uma avaliação prévia de segurança pelo estado. 

A regulamentação relativamente moderada permitiria às empresas vender alimentos geneticamente modificados fornecendo ao governo apenas informações sobre o processo de engenharia genômica específico usado, ou que pedaço de DNA foi cortado ou editado em colheitas ou animais. Isso contrasta com as regras mais rigorosas sobre alimentos geneticamente modificados (GMOs) ou alimentos transgênicos, que são produzidos pela adição de genes de outros organismos. 

Com base no relatório do painel, o Ministério da Saúde, Trabalho e Previdência planeja chegar a uma conclusão sobre o assunto até o final de março. Em comparação com as técnicas tradicionais de reprodução, que geralmente requerem uma década ou mais para criar novas culturas através de cruzamentos ou pela aplicação de produtos químicos e radiação ao DNA, as técnicas de edição genética podem oferecer resultados por um período de tempo mais curto. 

Em outubro, a Universidade de Tsukuba anunciou que lançará uma startup para comercializar tomates editados com altos níveis de ácido gama-aminobutírico que podem reduzir a pressão arterial. Outros alimentos geneticamente editados a serem desenvolvidos no Japão incluem batatas livres de toxinas naturais nos seus brotos e tubérculos e arroz de alto rendimento, enquanto que a inativação de genes específicos por meio ferramentas de edição também reduz o trabalho para os agricultores e os transportadores.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink