Agronegócio

Governo do Mato Grosso fixa ICMS de máquinas agrícolas em 2,5%

Produtores devem ficar atentos à nova alíquota a partir de 1º de outubro
Por:
1171 acessos
Após reivindicação da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), o Governo do Estado fixou a alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), incidente nas operações de entrada de máquinas e implementos agrícolas no Estado, em 2,5% a partir de 1º de outubro. O Governo Estadual vinha tentando, por meio de decreto, cobrar uma carga de 5,6%.


“Nos empenhamos para resolver esta questão e garantir a melhor alíquota possível ao produtor rural. A Famato reitera sua posição contrária a qualquer aumento na carga tributária do Estado. O Governo do Estado entendeu que a insistência nesse aumento seria um desgaste desnecessário”, destaca o presidente da Famato, Rui Prado.


A Famato orienta aos produtores rurais de Mato Grosso que fiquem atentos quanto a alíquota cobrada a partir de 1º de outubro, que não poderá ser superior a 2,5%. Em caso de dúvida entre em contato com o Núcleo Técnico da Famato pelo telefone (65) 3928-45-61.


A nova legislação ainda não foi publicada.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink