Governo do RS lança, nesta sexta, o Programa de Correção de Solo

Agronegócio

Governo do RS lança, nesta sexta, o Programa de Correção de Solo

20 mil produtores serão beneficiados
Por:
3342 acessos
Um dos principais problemas que impedem uma maior produtividade das lavouras gaúchas é a acidez dos solos. Para minimizar esta situação, o governador Tarso Genro lança, nesta sexta-feira (15), no município de Lagoão, no alto da Serra do Botucaraí, o programa elaborado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, que prevê ações para corrigir a acidez dos solos.


O programa prevê atuação articulada com o Ministério da Agricultura, Prefeituras, indústria do calcário e produtores. A ideia é atingir a 100 municípios, beneficiar 20 mil produtores com a correção de 100 mil hectares e a utilização de 500 mil toneladas de calcário. Cada produtor poderá corrigir até cinco hectares por meio desta iniciativa do Governo do Estado.

Estimado em R$ 30 milhões de reais, o programa envolverá a disponibilização financeira do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a efetivação de Emenda Parlamentar indicada pelo Deputado Federal Paulo Pimenta, no valor de 2,2 milhões de reais, do Governo do Estado por intermédio da Seapa, das prefeituras municipais, dos agricultores e do Sindical.


De acordo com o secretário da Agricultura, Pecuária e Agronegócio, sem a ajuda governamental, os produtores a serem beneficiados não teriam condições de realizar esta operação, que podem resultar em aumento de até 25% na produtividade das culturas de grãos.

"Se combinada esta ação com a adubação correta, podemos chegar a patamares de até 100% na elevação da produtividade. E, no caso da produção de forragem e pastagens naturais, a aplicação de calcário e fertilizante fosfatado solúvel, juntamente com a introdução de espécies forrageiras de maior potencial de produção, pode haver incremento na produtividade de até 500%.", estima Mainardi.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink