Governo eleva para 14% o imposto de importação da borracha natural

Agronegócio

Governo eleva para 14% o imposto de importação da borracha natural

A alíquota de importação de borracha natural foi elevada de 4% para 14%, com vigência de um ano, conforme decisão tomada pela Camex
Por:
1088 acessos

A alíquota de importação de borracha natural foi elevada de 4% para 14%, com vigência de um ano, conforme decisão tomada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex). A mudança atende reivindicação da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), encaminhada ao governo, em junho do ano passado.

Uma das justificativas da CNA para a alteração é o alto custo dos encargos trabalhistas enfrentados pela heveicultura brasileira em relação aos competidores internacionais, casos da Malásia, Tailândia, Vietnã, Índia e China.

No entender da CNA, a elevação do imposto de importação para borracha natural poderá trazer duas consequências relevantes: reorganização da cadeia produtiva da borracha natural no Brasil e o reinício das discussões técnicas capazes de levar à elaboração de um novo Plano de Desenvolvimento da Heveicultura, no decorrer dos próximos 12 meses.

Para saber mais, leia o Comunicado Técnico preparado pela CNA: 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink