Governo mantém ICMS do trigo gaúcho em 2%

Agronegócio

Governo mantém ICMS do trigo gaúcho em 2%

Governo concedeu prorrogação do benefício fiscal para o grão até 31 de dezembro
Por:
571 acessos

O governo do Estado cumpriu com o prometido e manteve a redução do ICMS do trigo de 12% para 2% nas vendas para São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. O benefício foi assegurado pelo decreto 46.483/2009, publicado no Diário Oficial da União (DOU) no dia 15, e é válido até 31 de dezembro. Assim como fora acordado com o setor tritícola gaúcho, a continuidade do benefício é retroativa ao final de junho.

Conforme o presidente da Comissão de Trigo da Federação da Agricultura do RS (Farsul), Hamilton Jardim, a medida é positiva, pois facilita o escoamento da produção. 'Se os estoques encontrarem a próxima safra será um desastre', destacou.

Segundo ele, para que isso não aconteça ainda seriam necessários outros dois leilões do mesmo porte do de PEP de trigo realizado nesta semana. Jardim ressaltou que o prêmio foi pequeno, R$ 153,00 por tonelada, e que o valor ideal para estimular o escoamento seria de R$ 173,00. 'Vamos torcer para que o governo ajuste isso para a próxima oferta', afirmou. Edital publicado pela Conab indica leilões de VEP e PEP no dia 30 de julho.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink