Governo não fará empréstimo para Parmalat brasileira, garante Dimarzio
CI
Agronegócio

Governo não fará empréstimo para Parmalat brasileira, garante Dimarzio

Por:

O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Amauri Dimarzio, garantiu que o governo não vai emprestar dinheiro para salvar a Parmalat no Brasil. "O governo não vai se envolver especificamente no caso de empresas. O governo não administra empresas, mas o setor".

Mesmo assim, Dimarzio admitiu que há uma linha de crédito para comercialização com Empréstimos do Governo Federal (EGF) de R$ 200 milhões para ser usada. Acontece que o EGF pode ser contraído apenas por empresas ou por cooperativas e não por produtores individualmente.

"Vamos dar equilíbrio ao setor. O governo tem ferramentas de apoio aos produtores. Nós não queremos desestruturar o setor de leite, que é muito importante. Em 90 ou 120 dias, estaremos na entressafra e poderá faltar leite", disse o secretário. De acordo com Dimarzio, se a linha de comercialização do EGF já estivesse em uso, a situação estaria tranqüila.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink