Governo pode ampliar isenção a empresas exportadoras

Agronegócio

Governo pode ampliar isenção a empresas exportadoras

Furlan diz que empresas devem exportar mais produtos com valor agregado
Por: -Kelly Oliveira
3 acessos

As empresas brasileiras devem atentar para a oportunidade de exportar produtos com valor agregado para os parceiros do Bric – grupo formado por Brasil, Rússia , Índia e China. A afirmação foi feita pelo ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, na abertura do seminário Bric, Oportunidades e Desafios. Segundo Furlan, atualmente o forte do comércio com esses países, que representa 10% dos comércio exterior brasileiro, têm sido os produtos básicos como soja e açúcar.

Furlan citou o exemplo da Embraer, que monta uma linha de aviões na China “Essas são oportunidades que se multiplicam. Certamente essas iniciativas vão continuar se desenvolvendo”. O ministro também lembrou que os países do grupo têm problemas similares aos do Brasil, como falta de infra-estrutura e uma grande população abaixo da linha da pobreza.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink