Governo recebe pedido para dez ferrovias
CI
Imagem: Pixabay
INFRAESTRUTURA

Governo recebe pedido para dez ferrovias

Os investimentos previstos são de R$ 53 bilhões para a construção de 3,3 mil km de trilhos
Por: -Eliza Maliszewski

Em cerimônia no Palácio do Planalto nesta quinta-feira (2) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, assinou os requerimentos para 10 novos projetos de ferrovias, abrindo o chamado Setembro Ferroviário. 

A medida tem base nas regras da medida provisória (MP) 1065/2021, editada no início da semana, que permite a construção de novas ferrovias por meio de autorização simplificada, sem necessidade de leilões de concessão. O evento contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, de ministros, parlamentares e outras autoridades. 

Os investimentos previstos são de R$ 53 bilhões para a construção de 3,3 mil km de trilhos dentro do programa Pro Trilhos, que vai impulsionar o surgimento de novas ferrovias,. Fazem parte das autorizações a construção de novas linhas férreas e novidades em empreendimentos como a Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), Ferrovia de Integração Centro Oeste (Fico) e People Mover.

Segundo divulgado pelo Ministério da Infraestrutura, a Vale entrou com pedido para construção do trecho da Fico, entre Água Boa e Lucas do Rio Verde (ambas no MT), com investimentos previstos de R$ 6,4 bilhões. No dia 17 deste mês, o ministro deverá visitar Mara Rosa (GO), onde está prevista a instalação do canteiro de obras do primeiro trecho da ferrovia, entre Goiás e Mato Grosso.

Além de Mato Grosso, as novas ferrovias vão cortar cidades do Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Piauí e São Paulo. Com a entrega dos requerimentos, os projetos começam agora a ser avaliados pelo Ministério da Infraestrutura, responsável por emitir as autorizações. O governo afirma que o modelo é semelhante ao que já existe na exploração de infraestrutura em setores como telecomunicações, energia elétrica, portos e aeroportos.

Nesta sexta-feira (3), acompanhado do presidente Jair Bolsonaro, o ministro Tarcísio Freitas irá ao município de Tanhaçu (BA) para a assinatura do contrato da Fiol, cujo primeiro trecho vai de Ilhéus, no litoral, a Caetité, interior baiano. Concedida em leilão realizado em abril, a Fiol tem investimentos previstos em R$ 3,3 bilhões. 

Novas ferrovias previstas:

Água Boa/MT – Lucas do Rio Verde/MT: 557 km de extensão, investimento de R$ 6,4 bilhões
Uberlândia/MG – Chaveslândia/MG: 235 km de extensão, investimento de R$ 2,7 bilhões
Estreito/MA – Balsas/MA: 245 km de extensão, investimento de R$ 2,8 bilhões
Shortline entre Perequê/SP – TIPLAN/Porto de Santos/SP: 8 km de extensão, investimento de R$ 100 milhões
Maracaju/MS – Dourados/MS: 76 km de extensão, investimento de R$ 2,85 bilhões
Guarapuava/PR – Paranaguá/PR: 405 km de extensão, investimento de R$ 15,2 bilhões
Cascavel/PR – Foz do Iguaçu/PR: 166 km de extensão, investimento de R$ 6,25 bilhões
Açailândia/MA – Alcântara/MA: 520 km de extensão, investimento de R$ 6,5 bilhões
São Mateus/ES – Ipatinga/MG: 420 km de extensão, investimento de R$ 5 bilhões
Suape/PE – Curral Novo/PI: 717 km de extensão, investimento de R$ 5,7 bilhões
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.