Governo tem sete dias para definir destino da soja gaúcha transgênica


Agronegócio

Governo tem sete dias para definir destino da soja gaúcha transgênica

Por:
1 acessos

O grupo de trabalho interministerial sobre produtos transgênicos tem uma semana para decidir o que fazer com a safra de soja deste ano, especialmente a do Rio Grande do Sul. Estima-se que 70% do grão cultivado naquele estado seja pirata ou geneticamente modificado. Ontem, em Passo Fundo (RS), cerca de três mil produtores protestaram solicitando a liberação comercial dos organismos geneticamente modificados (OGMs).

A questão dos transgênicos foi o tema central da reunião do Conselho do Agronegócio (Consagro), instalado ontem pelo ministro da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento, Roberto Rodrigues. Segundo ele, o governo não tem receita mágica sobre o assunto, mas sabe que há um problema econômico e social no País. Rodrigues não soube informar o que o governo pode fazer em relação à comercialização da safra, uma vez que uma liminar na Justiça impede a venda de soja geneticamente modificada no Brasil.

Para o presidente da Associação Brasileira de Produtores de Sementes (Abrasem), João Lenine Sousa, se o governo não tomar uma atitude, a indústria sementeira vai falir. Segundo ele, no Rio Grande do Sul, a venda de sementes certificadas caiu 70% na última década. Para Sousa, a solução é a aprovação da Lei das Sementes, que se encontra na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado. O projeto prevê que o ministério fiscalize os produtores rurais e não só as indústrias de sementes.

O Consagro conta com 14 representantes da iniciativa privada e 14 do governo e terá câmaras setoriais de apoio. Na instalação do conselho participaram os ministros do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, do Meio Ambiente, Marina Silva e da Segurança Alimentar e Combate à Fome, José Graziano da Silva.

Os ministérios da Fazenda e do Desenvolvimento enviaram representantes. A próxima reunião do Consagro será no dia 9 de abril na sede da Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), em São Paulo. No encontro, os membros do conselho farão um balanço sobre a agricultura brasileira e discutirão o Plano de Safra 2003/04.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink