Governo/TO firma parceria para fortalecer bacia leiteira da região Norte
CI
Agronegócio

Governo/TO firma parceria para fortalecer bacia leiteira da região Norte

Secretário Jaime Café falou sobre a parceria com instituições para reforçar a bacia leiteira
Por:
Durante reunião com produtores rurais do acampamento São Sebastião, em Santa Fé do Araguaia, representantes do Governo e da Vallecoop – Cooperativas dos Produtores do Vale do Araguaia discutiram a implantação de um projeto para fortalecer a bacia leiteira da região, através dos pequenos produtores. O evento que aconteceu na manhã de quinta-feira, 12, faz parte do cronograma de visitas que o secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, cumpre na região Norte do Estado.


Através de uma parceria entre o Governo do Tocantins, Banco do Brasil, Vallecoop, Sebrae, Sindicato de Araguaína e prefeituras será implantado um projeto cooperativista para fortalecer a bacia de leite da região norte, o DRS – Desenvolvimento Regional Sustentável da bovinocultura do leite. Através do projeto, produtores poderão comercializar leite em conjunto e assim, conseguir preços melhores nos seus produtos. O projeto, que abrangerá 17 municípios da região de Norte, próximos ao município de Araguaína, terá início ainda em janeiro, com a implantação de cinco tanques de resfriamento de leite. A previsão é que até o final do ano 30 tanques sejam instalados.

De acordo com Jaime Café, o trabalho de incentivo ao fortalecimento da bacia leiteira do Tocantins é uma das prioridades do Governo. “O governador Siqueira Campos priorizou algumas atividades para serem incentivadas e a primeira dessa lista é a pecuária leiteira, porque gera emprego e renda para nossa gente”, afirmou o secretário de Agricultura.


Presente na reunião, o produtor Olívio Paulo Filho parabenizou os parceiros pelo projeto, mas demonstrou preocupação com o problema da degradação das pastagens. Em resposta, o secretário da Agricultura informou que o Governo estuda um projeto para auxiliar os produtores na recuperação das pastagens de todo o Estado. Segundo Café, o intuito é diminuir os custos dos produtores com o frete para aquisição do calcário (usado na recuperação dos pastos), além de desenvolver estudos de solos, através do Ruraltins e da Unitins.

Integrantes

Além de pequenos produtores da região de Santa Fé, participaram da reunião o presidente da Vallecoop, Nasser Junes; o presidente do Ruraltins, Olímpio Mascarenhas e da Adapec, Geraldino Ferreira Paz, dentre outros.

Silvicultura

Outro assunto debatido no local foi a silvicultura. De acordo com Café, o plantio de seringueiras também é uma atividade que pode ser implantada. O secretário visitou propriedades rurais em Santa Fé do Araguaia que cultivam seringueiras e constatou o sucesso da cultura. “A região Norte tem um agronegócio muito forte, sobretudo com a bovinocultura, mas outras práticas, como a pecuária leiteira e a silvicultura também podem ser alternativas produtivas, sobretudo para os pequenos produtores”, avaliou o secretário.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.