Grama OGM limpa solo de explosões militares
CI
Imagem: Gisele Rosso/ Embrapa
ESTUDO

Grama OGM limpa solo de explosões militares

Remover o RDX tóxico dos campos de treinamento é um desafio logístico
Por: -Leonardo Gottems

Uma planta herbácea ( switchgrass ) comumente usada para combater a erosão do solo foi geneticamente modificada por pesquisadores da Universidade de York para remover com sucesso produtos químicos tóxicos deixados no solo de munições perigosas para a saúde humana, mostra uma nova pesquisa.  

O estudar, publicado na Nature Biotechnology e liderado pela Universidade de York, demonstra que switchgrass geneticamente modificado ( Panicum virgatum ) pode desintoxicar restos de explosivos militares RDX deixados em campos de treinamento de fogo real, depósitos de munições e campos minados. 

O RDX tem sido um componente importante das munições desde a Segunda Guerra Mundial e ainda é amplamente usado em campos de treinamento militar. Esse uso resultou agora na contaminação generalizada das águas subterrâneas. Os pesquisadores geraram as plantas modificadas inserindo dois genes de bactérias capazes de quebrar o RDX. As plantas foram então cultivadas em solo contaminado com RDX em um local militar dos EUA. A erva geneticamente modificada cresceu bem e degradou com sucesso o RDX a níveis indetectáveis em seus tecidos vegetais.  

Os autores do estudo, o professor Neil Bruce do Departamento de Biologia e diretor do Centro de Novos Produtos Agrícolas (CNAP) e a Dra. Liz Rylott, também do CNAP, acreditam ser o primeiro exemplo de sucesso da utilização de uma planta transgênica no Brasil no campo, para remover poluentes orgânicos resistentes à degradação ambiental. 

O Dr. Rylott disse que “remover o RDX tóxico dos campos de treinamento é um desafio logístico e atualmente faltam soluções econômicas e sustentáveis. “Nossa pesquisa demonstra como a expressão, em switchgrass, de dois genes bacterianos que evoluíram especificamente para degradar RDX, dá às plantas a capacidade de remover e metabolizar RDX no campo em concentrações relevantes para os intervalos militares de fogo real”. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink