Granizo provoca perdas em lavouras de milho no Meio-Oeste de SC

Agronegócio

Granizo provoca perdas em lavouras de milho no Meio-Oeste de SC

Prefeito estuda decretar situação de emergência para acelerar captação de recursos
Por:
2072 acessos
Prefeito estuda decretar situação de emergência para acelerar captação de recursos

Equipes da prefeitura de Alto Bela Vista, no Meio-Oeste de Santa Catarina, percorrem as comunidades do interior para fazer um levantamento sobre os estragos causados por uma tempestade associada a granizo que atingiu o município na noite de terça-feira. Em três localidades, os danos nas lavouras de milho chegam a 100%. Algumas estradas do interior estão bloqueadas e o asfalto de um trecho da SC-461, no acesso ao município, cedeu e está esburacado.

Conforme o prefeito Sergio Luiz Schmitz, o temporal se iniciou por volta das 21h e durou menos que 40 minutos. O tempo foi suficiente para provocar danos em pelo menos cinco comunidades rurais. As mais atingidas foram as linhas São José, dos Kopp e Araraquará, que registraram perdas de quase 100% na plantação de milho. Os danos também se estenderam à produção de feijão, uva e fumo na Vila União e comunidade de Nova entre Rios.

Os servidores trabalham na desobstrução das estradas vicinais e na retirada de galhos e árvores dos bueiros. Nesta quarta-feira, ainda havia uma camada de 20 centímetros depositada em campos do interior.

O agricultor Airton Wilrich contou à assessoria de comunicação da prefeitura que as perdas na lavoura de milho foram extremas. Ele havia acabado o plantio há poucas semanas e terá que replantar novamente. O temporal estragou tanto a plantação que o milho não será nem aproveitado para a silagem (alimento para o gado).

O prefeito estuda decretar situação de emergência para acelerar a captação de recursos que devem ser repassados aos agricultores.

Rodovia SC- 461

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) recomenda atenção redobrada aos motoristas que trafegam pela SC-461. Os buracos que apareceram depois da chuva não impedem o tráfego de veículos, mas o acesso deve ser feito com cautela.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink