Granizo traz prejuízos à agricultura do Sul

Agronegócio

Granizo traz prejuízos à agricultura do Sul

Plantações de arroz, milho, feijão, mandioca e abóbora sofreram com a queda de granizo
Por:
2218 acessos
Foram pouco mais de 15 minutos de temporal, ontem à tarde, mas o suficiente para causar estragos - ainda não calculados - a lavouras de Meleiro e Turvo. Plantações de arroz, milho, feijão, mandioca e abóbora sofreram com a queda de granizo.

Algumas lavouras de arroz foram quase completamente destruídas. Na propriedade do agricultor José Saccon, na localidade de Boa Vista, em Meleiro, dez dos 12 hectares foram destruídos. Em avaliação preliminar, pelo menos 90% da plantação foi perdida.


A força do granizo tirou os grãos dos cachos, jogando-os ao chão. O rizicultor havia iniciado a colheita horas antes do temporal. “Não sei se vai valer a pena colher o que sobrou. Assim que sair o sol, vamos passar a colheitadeira para ver o que sobra, mas acho que não vai passar dos 15 sacos por hectare”, comenta o agricultor.


Em Meleiro, as localidades mais atingidas foram Boa Vista, Rio Jundiá e Pique do Meio. Em Turvo, os estragos foram maiores nas localidades de São Peregrino e Vila Contessi. Segundo David Tomazi Tomaz, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Turvo, as propriedades que foram atingidas e haviam retirado o Pronaf podem requerer o seguro agrícola. O procedimento deve ser feito antes de qualquer alteração nas lavouras. Para isso, basta procurar o técnico que fez o projeto para ver os procedimentos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink