Granizo volta a danificar tabaco
CME MILHO (DEZ/20) US$ 3,782 (-0,26%)
| Dólar (compra) R$ 5,38 (2,78%)

Imagem: Divulgação

PREJUÍZO

Granizo volta a danificar tabaco

Os maiores volumes foram registrados na região Centro-Sul
Por: -Eliza Maliszewski
418 acessos

No final de semana o granizo voltou a atingiu lavouras de tabaco no Rio Grande do Sul. Os maiores volumes foram registrados na região Centro-Sul. No município de Chuvisca plantas já salitradas ficaram completamente quebradas pelas pedras. A chuva forte também trouxe danos com alagamentos e erosão. 

Na propriedade do casal  Alana Lacerda e Rodrigo Bierhals, no interior do município, a chuva de pedra ocorreu duas vezes na mesma noite, no último sábado (12). “Durou uns 5 minutos de muita pedra. O resultado foi a triste imagem do tabaco em pedaços na lavoura. Não vai ser fácil, é uma tristeza gigante pra nós mas vamos nos erguer” comentou o casal a um jornal local. 

Nesta safra a incidência está bem maior do que nas outras safras. Segundo a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) já foram notificados 3.200 avisos de queda de granizo. Na safra passada, na mesma época, eram 249 casos. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink