Greenpeace lança novo guia de transgênicos
CI
Agronegócio

Greenpeace lança novo guia de transgênicos

Por:

Ativistas do Greenpeace lançaram esta semana em Porto Alegre a quarta edição do "Guia do Consumidor - lista de produtos com ou sem transgênicos".

Das 108 indústrias de alimentos presentes na nova versão, 56% (60 empresas) estão na lista vermelha - ou seja, não garantiram aos consumidores que seus produtos derivados de soja ou milho estão livres de matéria-prima transgênica. Na edição anterior esse índice era de 61%.

Segundo Gabriela Couto, da Campanha de Engenharia Genética do Greenpeace, o Guia do Consumidor pode ser usado pelos brasileiros que querem evitar o consumo de transgênicos, uma vez que a lei de rotulagem, que já está em vigor desde o final de março, ainda não foi implementada.

De acordo com o decreto, todos os produtos que contenham mais de 1% de matéria-prima transgênica, devem ter um rótulo específico, que contenha o símbolo transgênico em destaque, junto com as seguintes rases: "(produto) transgênico" ou "contém (matéria-prima) transgênico".

O decreto determina ainda que produtos que tenham sido fabricados a partir de transgênicos, mesmo que não contenham o DNA transgênico em sua composição final, devem trazer a frase "fabricado a partir de (produto) transgênico" em seu rótulo.

Após o lançamento do guia no Arctic Sunrise, na terça-feira (13-04), os ativistas do Greenpeace seguiram para o Mercado Público de Porto Alegre para distribui-lo à população. Desde a primeira edição do Guia do Consumidor, publicada em maio de 2002, foram distribuídas 270 mil cópias impressas e foram feitos mais de 600 mil downloads no site do Greenpeace.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink