Greve dos funcionários da Agência de Cacau e Café da Costa do Marfim é suspensa
CI
Agronegócio

Greve dos funcionários da Agência de Cacau e Café da Costa do Marfim é suspensa

Em Ilhéus e Itabuna, a arroba foi negociada, na média, por R$ 74,60, segundo a CNPC
Por:

Os funcionários da Agência de Cacau e Café da Costa do Marfim, principal país produtor e exportador da commodity, suspenderam a greve marcada para começar ontem. Os trabalhadores, que alegam falta de salários nos últimos dois meses, vão esperar o andamento das negociações. Com o protesto, os registros de exportações, essenciais para os embarques, deixariam de ser feitos. Em janeiro, uma paralisação de cinco dias interrompeu as exportações de cacau do país e ajudou a impulsionar os preços da amêndoa. Em Londres, os contratos de cacau para dezembro caíram 36 libras esterlinas, para 1.618 libras por tonelada. Em Ilhéus e Itabuna, a arroba de cacau foi negociada, na média, por R$ 74,60, segundo a Central Nacional de Produtores de Cacau (CNPC).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.