Greve nacional na Embrapa

Agronegócio

Greve nacional na Embrapa

Funcionários querem reajuste salarial de 10,51%, revisão do Plano de Cargos e isonomia de benefícios
Por:
619 acessos

Os funcionários da Embrapa deram início na segunda-feira (20) a três dias de paralisação. Eles querem reajuste salarial de 10,51%, revisão do Plano de Cargos e isonomia de benefícios. Representantes do movimento entregaram ao Mapa e à presidência da Embrapa as propostas para acordo coletivo. Uma nova reunião será agendada. Segundo a Embrapa, 60% do quadro funcional trabalha normalmente e os serviços não serão interrompidos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink