Greve para produção da Perdigão

Agronegócio

Greve para produção da Perdigão

Por:
260 acessos

Funcionários do turno da tarde e da noite do abatedouro da Perdigão em Lajeado suspenderam as atividades ontem para reivindicar aumento salarial. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias de Alimentação de Lajeado, Adão Gosmann, reclamou da demora nas negociações. Os empregados reivindicam aumento de 7,8% nos salários, enquanto a empresa oferece 4,9% em maio e 1% em setembro.

Pela tarde, os grevistas promoveram manifestação em frente à fábrica. Devido à chuva, a mobilização encerrou-se por volta das 17h. À noite, funcionários deram seguimento ao protesto. O presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação do RS, Cairo Reinhardt, informou que a Minuano deve entrar em greve hoje.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink