Grupo Big Frango investe em bovinos

Agronegócio

Grupo Big Frango investe em bovinos

Aposta é no setor de novilhos precoces
Por: -Mariana Fabre
990 acessos

Com aposta no setor de novilhos precoces, Grupo Big Frango espera fechar o ano de 2011 com um faturamento de R$ 1,5 bilhão. Na produção de frangos, acompanhando o ritmo de crescimento do setor registrado em 2010, a empresa apresentou um crescimento de 70% nos últimos 12 meses. O Paraná, segundo o Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar), terá alta de 6% nas exportações de frango em comparação a 2009.

De acordo com o presidente do Grupo Big Frango, Evaldo Ulinski, a estimativa para 2011 é dobrar a produção na unidade avícola de Santa Fé. Também está prevista, para o final do ano, a inauguração da unidade de Ubiratã, com abate inicial de 80 mil aves/dia. Segundo ele, a chave para o sucesso do Grupo foi a diversificação das atividades. ''Até 2009 só trabalhamos com frango, mas a partir de 2010 resolvemos investir em suínos, ovinos e fomos os primeiros do Brasil a lançar no mercado o novilho precoce'', salienta.

Segundo Ulinski, em abril deste ano, o Grupo Big Frango irá lançar 50 novos produtos de novilho precoce, abatidos com, no máximo, 24 meses. ''Iremos revolucionar o mercado de bovinos. Vamos colocar na gôndola produtos sortidos de qualidade. Queremos que os consumidores comprem carne bovina pela marca, assim como fazem hoje com o frango'', ressalta.

A empresa inicia 2011 com um faturamento de R$ 1,2 bilhão e, segundo o presidente do Grupo, a expectativa é de fechar o ano faturando R$ 1,5 bilhão. ''Em dezembro de 2009 faturamos R$ 56 milhões e em dezembro de 2010 o faturamento foi de R$ 97 milhões'', ressalta. Ao longo do ano passado, foram inauguradas cinco novas unidades: em Maringá, com a produção diária de 200 toneladas de embutidos; em Palmas, com abate de 1,5 mil suínos/dia; duas unidades em Santa Fé, uma com abate de 40 mil aves/dia e outra com processo de 300 cabeças de novilhos precoces/dia, e uma unidade em Nova Andradina-MS, também com abate de 300 cabeças de novilho precoce/dia.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink