GSI marca sua presença na Agrishow

Agronegócio

GSI marca sua presença na Agrishow

A GSI apresentará ao mercado sua linha de equipamentos de armazenagem, que volta a fabricar no Brasil
Por: -Joana
1358 acessos
A Agrishow 2011 começou na manhã de segunda-feira (02) em Ribeirão Preto, São Paulo. A 18ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação acontece em um bom momento para o setor, e a GSI está presente para apresentar ao mercado sua linha de equipamentos de armazenagem, que a empresa volta a fabricar no Brasil.


O cenário promissor da agricultura brasileira, com mais uma safra recorde, e a oportunidade de atender uma demanda significativa por silos, secadores e transportadores, fez com a empresa retornasse ao mercado brasileiro com a retomada da fabricação local. O parque fabril, antes instalado na cidade de Brusque (SC), foi transferido para Marau (RS), onde a companhia mantém a maior fábrica de equipamentos para a produção de proteína animal da América Latina. Durante a Agrishow, a companhia está dando início à comercialização dos sistemas de armazenagem nacionais, que deverá seguir o mesmo padrão da matriz da GSI nos Estados Unidos.


O presidente da empresa, Sidney Del Gaudio, está otimista e registra as melhores expectativas também para esta feira. "As projeções de uma safra robusta neste ano, aliado ao déficit da capacidade estática de armazenagem no país e a oferta de linhas de financiamento do Governo são fatores que com certeza irão contribuir para um excelente resultado da GSI na retomada da produção e comercialização de sistemas de armazenagem no Brasil", acredita ele.


Com um estande de grandes proporções, a GSI Brasil também aproveita a Agrishow 2011 para apresentar seus equipamentos para ambiência e produção de proteína animal. Na área de aves e suínos, a GSI também tem boas expectativas. O crescimento dos mercados internacionais e o volume de investimentos na modernização das instalações, especialmente no Estado de São Paulo, também apontam para um aumento no volume de negócios da empresa para este ano. O comprador internacional quer saber onde os animais são criados, se os produto res estão considerando o bem-estar animal nas suas propriedades, e isso faz com que os suinocultores e avicultores invistam cada vez mais na automação de suas instalações.


As informações são de assessoria de imprensa

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink