Guarani eleva produção de açúcar e exporta 137% mais

Agronegócio

Guarani eleva produção de açúcar e exporta 137% mais

O volume embarcado em 2006/07 somará 422 mil toneladas, contra 178 mil em 2005/06
Por:
1 acessos

A Açúcar Guarani, controlada pelo grupo francês Tereos, informou na sexta-feira (01-12), que elevará em 137 por cento as exportações de açúcar na atual safra, que irá se encerrar no início deste mês.

O volume embarcado em 2006/07 somará 422 mil toneladas, contra 178 mil em 2005/06. O aumento foi possibilitado por uma expansão na produção de açúcar, de 55 por cento, para 892 mil toneladas.

"Este desempenho expressivo deve-se a vários fatores, entre os quais a ampliação da área plantada e a incorporação da unidade São José, em Colina (SP)", informou a Guarani numa nota. A unidade, com capacidade de moagem anual de 2,5 milhões de toneladas de cana, foi incorporada em maio deste ano.

A Guarani tem três unidades em funcionamento e trabalha na instalação de mais duas: uma destilaria em Pedranópolis, que deve estar pronta em 2008, e a destilaria Tanabi, que foi adquirida, em fase de construção, em outubro, e deve começar a operar em agosto de 2007. Todas as usinas estão em São Paulo.

A produção de álcool do grupo também crescerá neste ano-safra, 44 por cento, atingindo 151 milhões de litros. Com isso, serão ampliados os embarques do produto em 28 por cento, para 23 milhões de litros.

Segundo a nota, a geração de energia nas unidades da Guarani foi elevada em 202 por cento, para 118 mil megawatts/hora.

O Tereos é o maior produtor de açúcar da França, e o segundo maior da Europa. No Brasil, o grupo tem ainda participação na Cosan .

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink