Guedes abre curso sobre vigilância agropecuária em Brasília

Agronegócio

Guedes abre curso sobre vigilância agropecuária em Brasília

O evento objetiva formar 120 profissionais para atuar na auditoria de procedimentos nas unidades de vigilância agropecuária internacional
Por: -Redação
1 acessos

O Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luís Carlos Guedes Pinto, fará terça-feira próxima (05-12), às 9h, no Centro de Desenvolvimento de Recursos Humanos da Conab, em Brasília, a abertura oficial do Curso de Auditoria Técnico-Fiscal e Operacional da Vigilância Agropecuária Internacional. O evento, que se estende até sexta-feira (08-12), objetiva formar 120 profissionais para atuar na auditoria de procedimentos nas 110 unidades de vigilância agropecuária internacional, localizadas em portos, aeroportos internacionais, pontos de fronteira e aduanas especiais, distribuídas pelos 27 estados brasileiros.

Além do ministro Guedes, participarão da abertura o Secretário de Defesa Agropecuária do Mapa, Gabriel Alves Maciel e o Diretor-Presidente da Conab, Jacinto Ferreira. Mais de 15 técnicos do Mapa (incluindo o Consultor Jurídico, Diretores de Departamentos e Coordenadores) vão atuar como instrutores e orientadores dos grupos de trabalho nas áreas animal e vegetal.

Esses grupos examinarão uma extensa agenda que inclui o enquadramento de produtos nas categorias de risco, revisão de processos, identificação de conformidades e não conformidades, atividades práticas de auditoria técnico-fiscal e operacional, elaboração dos relatórios de auditorias e cálculo dos índices de conformidade e de eficiência.

Na primeira parte do curso (dias 5 e 6) serão examinados aspectos da legislação de suporte ao trabalho de auditoria técnico-fiscal e operacional, os instrumentos das legislações fitossanitária, zoosanitária e relativa a inspeção de produtos de origem animal e vegetal e à utilização de insumos na agricultura e pecuária, bem como suas implicações na vigilância agropecuária internacional.

Os 40 participantes (fiscais federais agropecuários) de todos os estados do país vão discutir, ainda, as metodologias utilizadas pelo Tribunal de Contas da União e pela Secretaria da Receita Federal nos trabalhos de auditoria em unidades do Mapa e nos processos das unidades da Receita, respectivamente.

Durante o curso será discutida também a proposta do novo Manual de Auditoria Operacional do Vigiagro, contemplando desde seus fundamentos, objetivos, fluxo de atividades da auditoria técnico fiscal e operacional, indicadores de desempenho e de eficiência, até a codificação das categorias de produtos.

Segundo Tarcísio Siqueira, da coordenação geral do Vigiagro, outros dois cursos para formação de mais 80 auditores serão realizados no primeiro semestre do próximo ano.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink