Harmonia Temprano e Farrera de Los Campos vencem Freio de Ouro

Agronegócio

Harmonia Temprano e Farrera de Los Campos vencem Freio de Ouro

Um público de quase 25 mil pessoas assistiram final do Freio de Ouro.
Por:
583 acessos

Um público de quase 25 mil pessoas assistiram ao maior espetáculo da Expointer, a final do Freio de Ouro, neste domingo (28), em Esteio. Os ginetes não decepcionaram: o prêmio foi disputado com garra e talento, proporcionando aclamação do público a cada apresentação. Harmonia Temprano, montado por José Fonseca Macedo foi o grande vencedor do Freio de Ouro 2016. A fêmea vencedora foi Farrera de Los Cempos, montada por Antonieto Rosa. A competição entre equinos da raça Crioula provou o sucesso da prova e o aperfeiçoamento da morfologia dos animais.

O tempo colaborou para que o público começasse a chegar desde as primeiras horas da tarde para garantir um lugar para assistir a final do Freio de Ouro. Nas arquibancadas lotadas, os visitantes assistiram ao concurso que reuniu os melhores cavalos crioulos e ginetes do Rio Grande do Sul e de outros estados, além de países como Uruguai, Argentina e Paraguai.

Harmonia Temprano, da Cabanha Harmonia, de Santa Vitória do Palmar, obteve a nota máxima de 22.607. O público aclamou o vencedor que desde 2002 participa do Freio de Ouro e já se classificou nas categoria Prata e Bronze. Emocionado, Zeca Macedo disse no final que ele e o cavalo Temprano tiveram pouco tempo para treinar. "Passamos tudo que sabemos e sentimos um para o outro e deu certo”, resumiu. Lembrou que o primeiro Freio de Ouro que ganhou foi com o pai de Harmonia Temprano.

Na categoria fêmea, o Freio de Ouro ficou com Farrera de Los Campos, da Estância Vendramin, do Paraná. A égua, obteve a pontuação final de 20.998 e foi montada pelo ginete Raul Lima."Estamos muito felizes em vencer o Freio de Ouro”, enfatizou logo após receber o prêmio. O vice-governador José Paulo Cairoli fez a entrega para o primeiro lugar.

O presidente da Associação Brasileira do Cavalo Crioulo (ABCC), José Luiz Laitano, ressaltou que o Freio de Ouro “é um patrimônio do Rio Grande do Sul, uma prova que transcende a raça e demonstra a proporção que o Crioulo já atingiu – não somente no Estado, mas no Brasil e em outros países"”.

Classificação

FÊMEAS
1º – BOX 19 - FARRERA DE LOS CAMPOS  – 20.998
2º – BOX 27 – CARLOTA DE SÃO PEDRO – 20.669
3º – BOX 42 – NATIVIDADE SETEMBRINA – 20.305

MACHOS
1º – BOX 84 – HARMONIA TEMPRANO – 22.607
2º – BOX 75 – GUAPURUMA MATE AMARGO – 20.608
3º – BOX 93 – BT VERMUTE – 20.519

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink