Homero Pereira afirma que a região amazônica está sendo discriminada

Agronegócio

Homero Pereira afirma que a região amazônica está sendo discriminada

Pereira diz que o embargo à carne amazônica representa uma “discriminação contra o maior rebanho do país”.
Por:
223 acessos

O deputado federal Homero Pereira (PR) afirmou nesta quinta-feira, 16, que a região amazônica está sofrendo discriminação no que diz respeito ao embargo da carne bovina. O parlamentar, que também é membro da Confederação Nacional da Agricultura (CNA), fez a afirmação durante reunião com produtores de Mato Grosso, na sede da Federação da Agricultura de Mato Grosso.

Pereira diz que o embargo à carne amazônica representa uma “discriminação contra o maior rebanho do país”. Ele afirma que estão sendo utilizados dois pesos e duas medidas nas punições ambientais. Ele explica que existem áreas de produção que foram desmatadas no mesmo período, em vários locais do Brasil. “Não há embargos em muitas outras regiões, mas há aqui”, pontua.

Homero conta que um grupo de parlamentares dos estados da região amazônica reuniu-se com o Ministro das Relações Institucionais, José Múcio, e levou a questão para ele, reclamando da diferenciação no tratamento.

“E a CNA pediu ontem uma audiência com Lula e Dilma Roussef. O presidente irá receber a Confederação na semana que vem para tratar desse assunto”, anunciou o deputado.

Ele diz que o presidente Lula tem adotado um discurso flexível e apaziguador, mas, na prática, a situação só vem piorando. “O Ibama e o Ministério do Meio Ambiente estão dando instrumentos para que o Ministério Público embargue a carne”, reclama.

Homero ainda revela que, caso os embargues e a discriminação com a região não sejam resolvidos por meio legais, “os estados da região amazônica terão que se unir e fazer uma grande mobilização”.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink