Hong Cong voltará a comprar frango da China
CI
Agronegócio

Hong Cong voltará a comprar frango da China

Por:

Após uma suspensão de quatro meses motivada pelo surto de gripe de aves no continente, Hong Cong vai permitir o ingresso de frangos vivos da China, disse Yeoh Engkiong, secretária de Saúde. A partir de 12 de maio, Hong Cong vai mudar o modo como os frangos são inspecionados e vendidos, visando minimizar o risco de importar o vírus de aves H5N1, disse Yeoh, segundo um transcrito enviado por e.mail de seus comentários feitos em uma coletiva.

"Continuaremos oferecendo oportunidades para a população apreciar frangos frescos", disse Yeoh. "Vamos consultar a população na próxima sexta-feira para examinar as opções para separar os humanos do frango e diminuir o risco de passar a gripe de aves para as pessoas", disse Yeoh.

Oito países asiáticos, incluindo a China, relataram, desde dezembro, surtos de H5N1, que saltou para as pessoas no Vietnã e na Tailândia, matando 23 pessoas. Hong Cong, de onde surgiu a primeira notícia de humanos infectados pelo vírus em 1997, não relatou casos, em pessoas ou em aves, durante a epidemia.

As importações da China foram banidas em janeiro. As medidas que Hong Cong vai implementar incluem inspecionar as granjas individuais na China antes de emitir licenças de importação, criando mercados atacadistas separados de frangos locais e chineses, para limitar o contágio entre as aves, e mudando o modo como os frangos vivos são vendidos e mortos nos mercados para reduzir o contato deles com os fregueses. Hong Cong revogou nesta semana o veto à importação de carnes congeladas e frias de frangos do restante da China.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink