I Conferência Científica da PSA na América Latina divulga programação

Agronegócio

I Conferência Científica da PSA na América Latina divulga programação

Evento vai reunir principais especialistas da avicultura mundial
Por:
757 acessos

 

Como garantir melhor competitividade para o produtor de frangos latino-americano no cenário global? Quais são as mais recentes pesquisas sobre interações entre nutrição e resposta imunológica dos animais? Quais são os casos casos de sucesso na produção de frangos sem promotores de crescimento no Brasil, Estados Unidos e Europa? Enfim, como a produção mundial de frangos tem se adaptados às crescentes exigências do consumidor moderno garantindo sua competitividade e ganhos de rentabilidade? Estas são algumas das perguntas que serão respondidas pelos principais especialistas do setor durante a 1a Conferência Científica da América Latina da PSA (Poultry Science Association), que vai acontecer de 4 a 6 de outubro em Campinas, no interior de São Paulo.

O evento vai reunir representantes da indústria, produtores e pesquisadores com o objetivo de debater os mais recentes desafios de produção enfrentados pela avicultura latino-americana, explica o presidente da comissão científica e zootecnista gerente Global de Marketing da DSM, José Otávio Sorbara. “Esta conferência é focada na excelência científica. E, nesta edição, vamos manter o elevado nível dos debates que realizamos nos Estados Unidos, procurando identificar as necessidades mais urgentes da indústria e trazer para o melhor da ciência. Estamos trabalhando neste encontro para proporcionar uma oportunidade de debates e intercâmbio sobre os casos bem sucedidos em diferentes países”, disse o especialista.

Programação

O programa científico da I Conferência da América Latina da PSA será aberta às 13h30 do dia 4 de outubro com um discurso de boas-vindas do presidente da PSA, Randy Mitchell e do presidente da comissão organizadora, José Otávio Sorbara. Em seguida, o diretor de Agropecuária da BRF, Fabrício Delgado, vai destacar o “Empoderamento da competitividade do produtor avícola: os papéis do mercado e acadêmico.” Logo depois, o diretor Executivo da PSA, Stephen Koenig, vai ministrar a palestra “Aceitando o desafio do produtor em nome da comunidade científica”.

A partir das 15h45 começa o Simpósio Redefinindo o papel e requerimento dos microminerais, que será presidido pela  zootecnista e nutricionista da Alltech, Adriana Nascimento. Com quatro apresentações de 30 minutos cada uma, este simpósio será aberto com um debate sobre “Interações: Compreensão dos efeitos dos minerais nas principais funções enzimáticas na alimentação e na fisiologia”, com o pesquisador da Universidade de Geórgia, Todd Applegate.

Em seguida, o tema será “Requerimento dos microminerais para criadores”, que será apresentado pela professora da Universidade de Maryland, Rosalina Angel. Logo depois, uma apresentação sobre “Requerimento dos microminerais para estratos” será realizada pelo professor da Universidade da Paraíba (UFPB), Fernando Perazzo. Este painel será encerrado com uma discussão sobre “Requerimento dos microminerais para frangos de corte” com o professor da Universidade de Viçosa (UFV), Horácio Rostagno. A partir das 15h45 também haverá apresentação de trabalhos científicos.

Na quarta-feira, dia 5 de outubro, a programação começa às 8h, com o Simpósio Ocorrência de miopatia (“peito de madeira”) em frangos de corte: pesquisa atual e impactos, presidido pelo gerente de Marketing da DSM para a América Latina, José Francisco Miranda. Com quatro apresentações de 40 minutos, este painel vai começar com um debate sobre “Miopatia nos EUA: Pesquisa atual e impactos para o consumidor e autoridades”, com o pesquisador da Universidade de Auburn, Sacit F. Bilgili.

A pesquisadora do INRA (Institut National de la Recherche Agronomique), da França, Cecile Berri, vai destacar “Miopatia na Europa: Pesquisa atual e impactos para o consumidor e autoridades”. Na sequência, o professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Sérgio Vieira, vai abordar “Miopatia no Brasil: Pesquisa atual e impactos para o consumidor e autoridades”. Logo depois, o pesquisador da Universidade do Arkansas, Robert Wideman, vai ministrar a palestra “Explorando as possíveis causas de miopatia: o que pode ser aprendido com outras espécies”. Este painel será encerrado com um debate de uma hora entre os participantes.

A partir das 13h30 começa o Simpósio Interações entre nutrição e respostas imunológicas, que será aberto pelo professor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Luis Felipe Caron, com uma apresentação sobre “Ferramentas nutricionais para modular o sistema imunológico”. Na sequência, haverá um debate sobre “Implicações da alteração da função imunológica através de dieta”. Paralelamente a este painel vai acontecer o Simpósio Atualização em digestibilidade de cálcio e fósforo nas aves de corte: distintas abordagens e implicações, com quatro palestras de 30 minutos, presidido pelo engenheiro agrônomo da Yara Nutrução Animal, Juan Vieyra.

A professora da Universidade de Maryland, Rosalina Angel, vai abrir este painel com uma apresentação sobre “Diferentes metodologias para avaliar a digestibilidade de cálcio e fósforo em aves”. Em seguida, o debate será sobre o “Método europeu para digestibilidade de fósforo”. E, na sequência, o professor da Universidade Federal de Viçosa (UFV), Horácio Rostagno, vai abordar a “Digestibilidade de fósforo dos alimentos brasileiros: de SBM a MBM a fosfatos inorgânicos”. Este simpósio será encerrado pelo pesquisador da Universidade Wageningen na Holanda, Paul Bikker, com uma apresentação de “Experimentos recentes em digestibilidade de fósforo em fontes inorgânicas na Holanda”. A partir das 16h haverá um Simpósio Publicando em Poultry Science e The Journal of Applied Poultry Research. Às 18h começa um jantar de confraternização e premiações.

Na quinta-feira, dia 6 de outubro, a programação será aberta às 8h, com o Simpósio Desafios na produção de frangos sem promotores de crescimento e experiências da indústria. Neste painel, o representante da Perdue Farms LLC, Randolph Mitchell, vai destacar “Experiência da indústria nos Estados Unidos na produção de frangos sem promotores de crescimento”. Em seguida, o representante da BRF, Ivomar Oldoni, vai apresentar a “Experiência da indústria brasileira na produção de frangos sem promotores de crescimento”. E o representante da Hedegaard Agro, Erik Dam Jensen, aborda a “Experiência da indústria europeia na produção de frangos sem promotores de crescimento”.

Paralelamente a este painel vai acontecer o Simpósio: Efeitos do processo da ração avícola sobre a qualidade nutricional das dietas, que terá uma introdução de 15 minutos realizada pela representante da JBS, Sandra Bonaspetti. Logo depois, o debate será encabeçado pelo pesquisador da Embrapa, Everton Krabbe, e depois pelo pesquisador da Universidade de Recursos Naturais e Ciência da Vida, de Viena, Martin Gierus. Depois destas duas apresentações, haverá 15 minutos para perguntas e respostas. 

A partir das 10h vai começar a Mesa Redonda Necessidades do mercado:  Desafios de produção atualmente enfrentados pelo mercado de avicultura latino-americano. O encerramento da I Conferência Científica da América Latina da PSA (Poultry Science Association) vai começar às 12h. Outras informações podem ser encontradas no site do evento (www.poultryscience.org/latin16). 

Serviço: 
I Conferência Científica da América Latina da PSA
Data: de 4 a 6 de outubro de 2016 
Local: Royal Palm Plaza Resort, Campinas, SP
Informações: (11) 5185-8719 

E-mail: flaviana.dias@esalatinamerica.com   
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink