Iapar recebe R$ 7,5 mi para pesquisa

Agronegócio

Iapar recebe R$ 7,5 mi para pesquisa

Por:
281 acessos

O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) recebeu ontem R$ 7,5 milhões em recursos da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) para atender diversos programas de pesquisa agropecuária. Provenientes da Unidade Gestora Fundo Paraná (UGF), os recursos serão aplicados em custeio e investimentos. O repasse, formalizado por meio de um termo de cooperação, foi assinado pela secretária Lygia Pupatto (Seti) e o presidente do Iapar, José Augusto Teixeira de Freitas Picheth.

A secretária explicou o fundo é formado por 2% da arrecadação tributária do Estado e financia projetos de infraestrutura e de pesquisa. Até 2002, esses recursos não eram repassados ao Iapar e às universidades, mas somente à iniciativa privada. ""Para este ano temos R$ 134 milhões do fundo que serão distribuídos a essas instituições"", informou Lygia, que em seguida ministrou palestra no seminário sobre a ""Economia do Conhecimento"", no Centro de Difusão de Tecnologia (CDT).

Ela destacou que o Paraná é um estado privilegiado pelas instituições de ensino e pesquisa que aqui existem e isso tem ampliado a discussão sobre a Economia do Conhecimento. ""A Economia do Conhecimento é algo prioritário para esta secretaria. Hoje, temos vários programas nesse sentido, que aproximam as universidades e as instituições de pesquisa do setor produtivo. Realizamos a transferência de tecnologias e a prestação de serviços com o objetivo final de gerar emprego e renda"", afirmou Lygia.

Um exemplo de programa desenvolvido pela Seti no âmbito da Economia do Conhecimento é o Universidade Sem Fronteiras, maior programa de extensão universitária do país. Presente em mais de 250 cidades, o projeto beneficia principalmente a agricultura familiar e pequenas e microempresas, segmentos representativos no Estado.

O presidente do Iapar destacou a parceria consistente do instituto com a Seti. ""Esses recursos irão apoiar a principais atividades de pesquisa do Iapar"", enfatizou Picheth. Segundo ele, a Seti tem contribuído de maneira decisiva para que o Iapar ocupe posição de destaque nacional em relação à pesquisa agropecuária. Do montante de recursos repassados, R$ 2,5 milhões serão destinados a investimentos: veículos, tratores, maquinários e implementos agrícolas e de laboratório e o restante para insumos agrícolas para condução de experimentos e produção de sementes.

Professores e bolsistas da Seti integrantes do Programa Universidade Sem Fronteiras apresentaram durante o seminário os resultados alcançados e a continuidade das ações referentes aos projetos desenvolvidos pelo Iapar em diversas regiões do Paraná.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink