Ibama apreende 1,6 mil toneladas de arroz produzido em fazenda irregular

Agronegócio

Ibama apreende 1,6 mil toneladas de arroz produzido em fazenda irregular

A fazenda autuada pelos fiscais estava embargada desde 2005, mas o proprietário continuava a produzir arroz na área de 1.390 hectares
Por:
981 acessos
Brasília - Em campo há três semanas com a Operação Disparada, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) apreendeu na última quarta-feira (20) mais de 1,6 mil toneladas de arroz cultivado ilegalmente em uma área embargada por desmatamento ilegal no município de Nova Ubiratã, em Mato Grosso. O estado é um dos focos da operação, que também tem frentes no Pará e no Amazonas.


A fazenda autuada pelos fiscais estava embargada desde 2005, mas o proprietário continuava a produzir arroz na área de 1.390 hectares. Além da apreensão dos grãos, de uma colheitadeira, três tratores e equipamentos, a propriedade foi multada em R$ 7 milhões. Segundo o Ibama, as multas são por descumprimento de embargo, exercício de atividade de agricultura sem licença ambiental, pela não destinação adequada de embalagens e por impedir a regeneração natural da vegetação nativa.


O mesmo fazendeiro já desmatou quase 7 mil hectares de floresta entre 2010 e 2011, sem nenhuma licença ou autorização ambiental.

Até agora, somente em Mato Grosso, a Operação Disparada aplicou mais de R$ 40 milhões em multas, embargou 12 mil hectares de áreas desmatadas ilegalmente e apreendeu tratores caminhões, pás-carregadeiras, correntões, colheitadeiras e outros equipamentos que, somados, ultrapassam R$ 2 milhões, segundo o Ibama.



Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink