Ibama apreende balsa com R$ 1 milhão em madeira no PA

Agronegócio

Ibama apreende balsa com R$ 1 milhão em madeira no PA

Barco carregava o equivalente a 40 caminhões de toras
Por:
162 acessos
Pouco depois de colocar os barcos na água para fiscalizar o transporte ilegal de madeira nos afluentes do Amazonas, o Ibama de Santarém (PA) apreendeu, na sexta-feira (19) uma balsa com mil metros cúbicos de toras. A madeira, que seria suficiente para encher 40 caminhões, foi avaliada em R$ 1 milhão.

Uma espingarda de calibre 12 foi encontrada pelos fiscais, que prenderam quatro pessoas em flagrante. “A madeira é totalmente ilegal, sem nenhum tipo de documentação”, afirma o chefe de fiscalização do Ibama de Santarém, Gustavo Müller de Podestá.

As toras – de árvores nobres como ipê, maçaranduba e angelim – foram transportadas para Santarém e serão doadas. As multas aplicadas podem chegar a R$ 300 mil.

Cheia favorece madeireiros

A operação do Ibama, batizada de Bajara, tem como foco os madeireiros que atuam em uma região preservada de mata que fica entre Santarém e Belém, nas margens do Rio Amazonas. Segundo Podestá, a cheia dos rios torna mais fácil o transporte ilegal de madeira nos afluentes do Amazonas, pois pequenos rios podem ser usados para escoar grande quantidade de toras.

“As pessoas levam o maquinário por balsa, cortam a madeira, estocam na beira do rio, retiram e vão embora. Praticamente não há transporte terrestre”, relata o chefe de fiscalização. A operação, que conta com 20 homens, barcos, caminhonetes e helicópteros, não tem data para terminar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink