IBRAFE comunica empresas que estão comercializando feijão fora dos padrões

Agronegócio

IBRAFE comunica empresas que estão comercializando feijão fora dos padrões

Programa 100% Feijão visa disciplinar mercado
Por: -Janice
1787 acessos
Programa 100% Feijão visa disciplinar este mercado, criando um selo de qualidade para o produto em todo o país
 
Os primeiros comunicados para as empresas que estão comercializando feijão fora dos padrões da Instrução Normativa 12 (IN 12) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), que leva em conta fatores como umidade do grão, defeitos graves, defeitos leves e embalagem estão sendo emitidos e encaminhados pelo Instituto Brasileiro do Feijão (IBRAFE), desde o início de janeiro, dentro do Programa 100% Feijão que visa disciplinar este mercado, criando um selo de qualidade para o produto em todo o país.

O Instituto Totum é o responsável pelo gerenciamento e a gestão do processo de certificação das empresas dentro do Programa 100% Feijão, enquanto que a certificação é feita pela TÜV Rheinland do Brasil, empresa alemã que atua em 62 países. A Totum está realizando as coletas no varejo e já obteve cerca de 400 análises de amostras de feijão dentro da campanha lançada pelo IBRAFE no final do ano passado. Somente a empresa que tiver seu produto aprovado pelo trabalho da Totum poderá ostentar em sua embalagem o selo “100% feijão”. O IBRAFE já tem a adesão de várias empresas e busca ampliar esta base.

Num primeiro momento, a empresa que está comercializando o produto fora dos padrões do MAPA recebe apenas um aviso do IBRAFE de que seu feijão está fora das especificações exigidas pelo mercado e que é necessário corrigir o problema. Mais para frente, caso exista reincidência do problema nas pesquisas da Totum, haverá comunicação ao Ministério da Agricultura das irregularidades encontradas. Segundo o IBRAFE, uma boa parte do feijão comercializado em todo o país está abaixo das normas de qualidade exigidas pela instrução normativa 12 do MAPA. O objetivo do Programa 100% feijão é fazer um monitoramento permanente deste mercado e fazer com que o feijão seja produzido com qualidade para consumo da população.

As informações são da assessoria de imprensa do Instituto Totum.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink