Identificadas 195 plantações indígenas que melhoram nutrição

MUNDO

Identificadas 195 plantações indígenas que melhoram nutrição

O Brasil foi um dos países que passaram pelo processo
Por: -Leonardo Gottems
65 acessos

Um total de 195 plantações indígenas foram selecionadas por um projeto internacional por sua capacidade de melhorar a nutrição no Brasil, Quênia, Sri Lanka e Turquia, países de grande biodiversidade. Intitulado de Iniciativa de Biodiversidade para Alimentação e Nutrição, o projeto tem recolhido nos últimos sete anos espécies nativas utilizadas e ricas em nutrientes, disse Teresa Borelli, do centro de pesquisa Bioversity International. 

Os quatro países escolhidos têm em comum que são "lugares muito ricos em biodiversidade, mas dependem muito de cultivos básicos, suas dietas são homogêneas e sofrem degradação e perda de diversidade biológica", afirmou. Uma equipe de especialistas foi encarregada de procurar por espécies que foram adaptadas localmente e capazes de resistir a pragas e condições climáticas extremas, como a seca. E isso, eles também poderiam ser comercializados a preços razoáveis e fazer parte da dieta tradicional. 

No Brasil, a goiaba, camu camu, o Coyol ou castanha de caju foram algumas das 78 espécies que foram adicionadas à base de dados nacional e seu consumo foi promovido festivais de gastronomia, feiras, livros de receitas, programas de televisão e escolas. Borelli observou que a ênfase especial em vegetais folhosos como espinafre, a mostarda etíope ou moringa no Quênia, enquanto as escolas de negócios para os agricultores interessados nestas culturas promoveram programas de alimentação escolar, incluindo desenvolvido que tipo de produtos locais. 

O projeto, financiado pelo Fundo Global para o Meio Ambiente, foi coordenado pela Bioversity International com o apoio do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink