Imea aponta paridade longe da média e incertezas para produtores mato-grossenses

Agronegócio

Imea aponta paridade longe da média e incertezas para produtores mato-grossenses

Preço de paridade de exportação da próxima sofra sofreu um “recuo significativo” nos últimos meses
Por:
307 acessos

Preço de paridade de exportação da próxima sofra sofreu um “recuo significativo” nos últimos meses

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) divulgou um boletim apontando que o mercado de soja está “rodeado de incertezas” para os produtores mato-grossenses. Segundo o relatório, o preço de paridade de exportação da próxima sofra sofreu um “recuo significativo” nos últimos meses. No último mês, diz o Imea, o preço de paridade chegou a apresentar cotações inferiores às da última safra.

Em contrapartida, no início de agosto, alcançou um ponto abaixo do considerado equilibrado, de R$ 51,70/sc, “trazendo um sinal de alerta para a nova temporada”. Nas últimas duas semanas, no entanto, a paridade de exportação recuperou o fôlego e alcançou R$ 54,35/sc. O patamar, no entanto, ainda está distante da média de R$ 61,63/sc registrada no mesmo período de 2015.

O Imea alertou que, a partir de agora, com o início legal da semeadura da soja se aproximando e o custo com os insumos quase fechado, as atenções dos produtores devem se voltar para o preço de paridade da exportação. “O produtor deve analisar cada vez mais os possíveis cenários futuros a serem enfrentados e se atentar para garantir boas oportunidades”. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink