Imea justifica menor alta na receita da bovinocultura em MT

Agronegócio

Imea justifica menor alta na receita da bovinocultura em MT

O faturamento total da bovinocultura de corte em Mato Grosso, em 2016, deverá chegar a R$ 10,9 bilhões
Por:
297 acessos

O faturamento total da bovinocultura de corte em Mato Grosso, em 2016, deverá chegar a R$ 10,9 bilhões

O faturamento da bovinocultura de corte em Mato Grosso deve ter um aumento de 5,67% na comparação com o ano passado. A alta, no entanto, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), é a menor dos últimos anos. A justificativa para tal cenário, segundo os especialistas, é em razão da quantidade de animais abatidos em relação a 2015 e estabilidade no preço da arroba do boi gordo.

Conforme o Imea, o preço pago aos pecuaristas, mesmo em um período de baixa oferta, “encontra problemas para elevar-se por causa da demanda em queda”. Para o instituto, após sete meses de 2016, a previsão é que o cenário deve permanecer inalterado até o final do ano. “A realidade já tomou forma e dificilmente se alterará nos meses que ainda restam”. A conclusão do Imea é que para reverter o quadro em 2017 “números maiores terão que vir, seja em preços, seja em número de animais abatido”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink