Importação de algodão pela Índia dispara com produção em baixa

Produção

Importação de algodão pela Índia dispara com produção em baixa

As importações de algodão da Índia são principalmente de Estados Unidos, Brasil e Egito
Por:
208 acessos

As importações de algodão pela Índia devem avançar 80 por cento ante um ano atrás, com a produção podendo cair ao menor nível em nove anos por conta de poucas chuvas em áreas importantes de plantio, afirmou uma autoridade da indústria à Reuters nesta quinta-feira.

Maiores importações do maior produtor mundial de algodão podem sustentar os preços globais, operando próximo de seu menor valor em mais de um ano.

A queda na oferta indiana pode ajudar rivais como Estados Unidos, Brasil e Austrália a ampliarem exportações para asiáticos, como China, Bangladesh e Paquistão.

“A produção não é suficiente para satisfazer o consumo local. A partir de março as importações vão avançar”, declarou Atul Ganatra, presidente da Associação de Algodão da Índia (CAI, na sigla em inglês).

O país pode importar 2,7 milhões de fardos no ano comercial de 2018/19, que termina em 30 de setembro, alta de 1,5 milhão de fardos em relação a um ano atrás, informou.

Empresas importaram 548 mil fardos até o fim de janeiro, de contratos totais de 1 milhão de fardos assinados até agora no ano comercial corrente, disse Ganatra.

As importações de algodão da Índia são principalmente de Estados Unidos, Brasil e Egito.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink