PREOCUPAÇÃO

Importação de fertilizantes deve crescer

É o que afirma distribuidor
Por: -Leonardo Gottems
67 acessos

O gerente de Marketing e Qualidade da Fertigran, grande distribuidora de fertilizantes no Brasil, Júlio César de Barros Diehl, afirmou que se a indústria brasileira não for competitiva, se importará mais fertilizantes. Em entrevista ao portal GlobalFert, o engenheiro agrônomo criticou a indústria nacional, que pede protecionismo.

Entre 2007 e 2017, a produção brasileira de fertilizantes no período de Janeiro a Outubro caiu de 8,2 milhões para 6,9 milhões, um decréscimo de 16%. No mesmo período, houve um aumento das importações em 50% do produto.

“A indústria nacional quer proteção para produzir, esse tempo já passou, se nossa indústria não é competitiva, vamos importar. Não podemos escolher setores para receber privilégios. Se tivermos que subsidiar alguma coisa, seria em infraestrutura - portos, transportes, ferrovias, hidrovias, que beneficiariam vários setores e a economia como um todo”, resumiu Diehl, na entrevista.

Por outro lado, o especialista afirmou que o pré-sal pode ser uma esperança para a produção brasileira. “O nitrogênio é dependente de gás natural,  temos baixa disponibilidade do produto e alto custo de produção. […] Novamente o Pré-Sal seria uma possível fonte de enxofre com aumento do refino de petróleo no país”, resumiu Diehl.

Ele ainda previu que o atraso na safrinha também provocará efeitos no mercado de fertilizantes. “grandes variações para 2018, se ocorrerem, serão negativas. por exemplo, o menor uso de fertilizantes na safrinha em função de um atraso no plantio com possibilidade de menor produtividade. Já se conversa sobre uso de sementes de menor custo. Caso o preço do milho reaja, esse quadro pode mudar, vários produtores estão falando em sorgo, com pouco ou sem adubo”, opinou.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink