Importação de soja da China cai 13% em janeiro diante de tarifas dos EUA

Soja

Importação de soja da China cai 13% em janeiro diante de tarifas dos EUA

Importações chinesas de soja caíram 13 por cento em janeiro em relação ao mesmo mês do ano anterior
Por:
318 acessos

As importações chinesas de soja caíram 13 por cento em janeiro em relação ao mesmo mês do ano anterior, mostraram dados da alfândega nesta quinta-feira, já que uma pesada tarifa imposta aos embarques dos Estados Unidos, segundo maior fornecedor do país, continua a restringir as compras.

A China trouxe 7,38 milhões de toneladas de soja em janeiro, ante 8,48 milhões de toneladas no ano anterior, segundo dados preliminares da Administração Geral das Alfândegas. As importações de janeiro subiram 29 por cento ante os 5,72 milhões de toneladas de dezembro.

“Os números foram maiores do que o esperado. Foi principalmente porque algumas cargas atrasadas em dezembro foram liberadas na alfândega em janeiro. Elas eram principalmente de grãos brasileiros”, disse Monica Tu, analista da Shanghai JC Intelligence Co.

A China, maior comprador mundial de soja, normalmente importa a maioria de sua soja dos Estados Unidos no período de outubro a janeiro, após a chegada da safra norte-americana ao mercado.

No entanto, as compras de soja norte-americana despencaram, com os compradores evitando cargas norte-americanas em meio a tarifas e uma guerra comercial entre Pequim e Washington. O departamento de alfândega não divulga a origem das importações em seus dados preliminares.

As importações da oleaginosa deverão aumentar nos próximos meses, à medida que a nova safra do Brasil entrar no mercado e mais embarques dos EUA forem liberados na alfândega, disseram analistas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink