Importações chinesas de carnes e miúdos crescem 20,3% em novembro
CI
Imagem: Pixabay
IMPORTAÇÃO

Importações chinesas de carnes e miúdos crescem 20,3% em novembro

As importações chinesas de carnes e miúdos totalizaram 770 mil toneladas em novembro deste ano
Por:

As importações chinesas de carnes e miúdos totalizaram 770 mil toneladas em novembro deste ano, volume 20,3% maior do que o adquirido em igual mês do ano anterior, informou o Departamento de Alfândegas da China (GAAC, na sigla em inglês). A despesa com a importação do produto aumentou 3,2%, atingindo US$ 2,344 bilhões no mês. Nos 11 meses do ano, o país asiático importou 8,95 milhões de toneladas de carnes e miúdos.

As importações de carne suína somaram 330 mil toneladas em novembro, volume 39,4% superior ao comprado em igual mês do ano passado. Em valor, o aumento foi de 44,4%, para US$ 927,5 milhões. No acumulado do ano, o país asiático importou 3,95 milhões de toneladas de carne suína.

Os dados mostram que o país mantém a dependência de compras externas desses produtos para abastecimento doméstico mesmo com a suspensão de embarque de diversos frigoríficos em decorrência da covid-19. O aumento das importações chinesas de carnes é resultado principalmente dos surtos de peste suína africana (ASF, na sigla em inglês) que dizimaram boa parte do seu plantel de suínos nos últimos dois anos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink