Importações de soja não vão diminuir preços
CI
Imagem: Ivan Bueno/APPA
CANETAÇO

Importações de soja não vão diminuir preços

Saiba quas são as principais consequências desta medida do governo
Por: -Leonardo Gottems

“As importações de soja irão aumentar o volume disponível, mas não diminuir os preços”, na visão dos analistas da Consultoria TF Agroeconômica. Na última sexta-feira o governo liberou das taxas de importação a soja, até 15 de janeiro de 2021, e o milho (até 31 de março de 2021), para “conter a alta de preços no setor de alimentos”, disse a nota no site do Ministério da Economia.

Para a TF, as principais consequências desta medida serão:

a) descompressão na demanda das indústrias esmagadoras, uma vez que poderão contar com um volume maior para suas operações.

b) mas, somente a partir do final de novembro, porque, se forem fechadas hoje, estas cargas demorarão 45/60 dias para chegar ao Brasil, serem descarregadas nos portos e transportadas até as indústrias, no interior;

c) por enquanto, o objetivo de conter a alta dos preços não se confirmará, porque os preços da soja tanto americana, quanto argentina, não chegarão nas indústrias do interior a menos do que R$ 170, R$ 175/saca, que são superiores aos que elas estão pagando hoje ao produtor brasileiro. E a previsões para Chicago, pelo menos no período das importações, não são de queda, muito ao contrário, com este aumento inesperado por demanda americana, a tendência é de Chicago subir um pouco mais;

d) Como os preços em Chicago costumam seguir certa paralelidade em quase todos os meses, a parte positiva disto para o agricultor brasileiro é que a cotação de maio de 2021 provavelmente também subirá um pouco junto com a de novembro, permitindo que o preço da próxima safra seja também levemente melhor do que está hoje.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink