Importações russas de açúcar caíram 18% em 2002


Agronegócio

Importações russas de açúcar caíram 18% em 2002

Por:
2 acessos

As importações russas de açúcar demerara caíram 18% no ano passado, depois que o governo elevou as taxas para proteger os produtores nacionais de beterraba do maior comprador de açúcar do mundo, segundo informou a comissão aduaneira do país. Em 2002, a Rússia adquiriu 4,44 milhões de toneladas do produto, segundo informou a comissão em uma declaração transmitida para as agências de notícias. As importações de açúcar refinado subiram 11% para 163,2 mil toneladas, informou o governo.

A Rússia depende do fornecimento externo para atender a pelo menos dois terços das necessidades internas de consumo, porque o clima frio limita a sua capacidade de produção de beterrabas. Para ajudar os agricultores locais, o governo russo decidiu estabelecer uma cota anual de importações de açúcar e passou a cobrar taxas elevadas sobre as compras que excedem os limites. No primeiro trimestre do ano passado, o governo russo estava cobrando uma taxa de 40% sobre as importações de açúcar demerara, e elevou a taxa para 50% no segundo semestre. A taxa foi fixada em 30% em 2001. O país é um dos maiores importadores mundiais.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink