Imposto da carne cai de 7% para 5%

Agronegócio

Imposto da carne cai de 7% para 5%

Por:
244 acessos

A redução da carga tributária para o setor de carnes de 7% para 5% foi o principal resultado da 134ª Reunião do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Conforme o diretor da Receita Estadual, Júlio Cesar Grazziotin, a decisão tem como objetivo minimizar os efeitos da guerra fiscal entre as unidades da federação, o que pode conferir maior competitividade ao Rio Grande do Sul. Ele pondera que alguns segmentos já têm benefícios que, somados a esta ação, resultariam em taxação negativa e terão que ser revistos. "A medida entra em vigor em 1º de janeiro de 2010 e, até lá, vamos nos reunir com os segmentos e reavaliar." Também foram prorrogados benefícios fiscais em insumos, máquinas e equipamentos agrícolas e industriais. As medidas vão até 31 de dezembro e os decretos devem sair nos próximos dias.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink