Inaceres inaugura nesta sexta-feira fábrica de palmito na Bahia
CI
Agronegócio

Inaceres inaugura nesta sexta-feira fábrica de palmito na Bahia

Por:

Nesta sexta-feira (30-04), a Inaceres - empresa líder na produção de palmito cultivado de alta qualidade - inaugura sua fábrica de processamento e industrialização de palmito na cidade de Uruçuca, a cerca de 30 quilômetros de Ilhéus, na Bahia.

O empreendimento, que recebeu investimentos de R$ 15 milhões, contou com a experiência tecnológica da Inaexpo - empresa parceira, equatoriana e detentora de 30% do mercado mundial de palmito -, que transferiu todo seu know-how para a empresa no Brasil.

A fábrica de palmito cultivado Inaceres foi concebida dentro das mais rigorosas normas sanitárias da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Tanto que essa unidade é considerada a mais moderna fábrica de palmito do país.

Com capacidade de produzir 40 mil frascos de palmito por dia, a Inaceres espera faturar cerca de R$ 10 milhões por ano com a nova fábrica. Isso também significa empregos: hoje, a empresa gera 440 empregos, entre diretos e indiretos. Porém, a expectativa é crescer mais e gerar cerca de 1,2 mil empregos na região.

Para isso, pretende implantar novos conceitos no processamento do palmito, a fim de atender a demanda do mercado interno e externo. Também espera ampliar sua produção atual para 4 mil hectares de palmito cultivado na região, através de parcerias com produtores da Bahia, na qual a empresa fornece o pacote tecnológico para o cultivo do palmito de alta qualidade e a garantia de compra das hastes produzidas.

No início de abril, a Inaceres deu mais um passo para o progresso do palmito cultivado na Bahia. Adquiriu a divisão de palmito da Unacau - tradicional empresa baiana e uma das principais produtoras de palmito cultivado do país. Com essa aquisição, que corresponde a 450 hectares e aproximadamente 2,25 milhões de palmeiras na região de Una, na Bahia, a Inaceres aumentou sua capacidade própria de produção e comercialização para 10 mil caixas/mês ou 80 contêineres/ano.

A empresa iniciou suas atividades na Bahia em 2001 e desde então vem introduzindo novos conceitos e tecnologias ao mercado de palmito, posicionando-se como uma empresa alimentícia que investe constantemente em pesquisa nas áreas de produção, industrialização e comercialização de palmito cultivado de alta qualidade.

A empresa conta com a experiência de suas controladoras. De um lado, a Agroceres - empresa tradicional do agronegócio brasileiro, com forte cultura em qualidade e pesquisa de ponta - e do outro, a Inaexpo - empresa líder mundial em exportação de palmitos cultivados de alta qualidade, com 35% do mercado mundial. Seus produtos estão fortemente presentes em dezenas de países, entre eles: os Estados Unidos, Canadá, França, Inglaterra, Alemanha, Espanha e Japão.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink