Incra investe R$ 2 milhões em assentamentos no Litoral Sul da Bahia
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,090 (1,09%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,07%)


Agronegócio

Incra investe R$ 2 milhões em assentamentos no Litoral Sul da Bahia

Essas são algumas ações que beneficiam o desenvolvimento de 99 famílias de dois assentamentos
Por:
367 acessos

Dois sistemas de abastecimento de água, recursos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), aquisição de caminhão e inauguração de casas. Essas são algumas ações que beneficiam o desenvolvimento de 99 famílias de dois assentamentos no Território do Litoral Sul. O Incra/BA investiu R$ 2 milhões nos projetos que serão entregues nesta terça-feira (31).

Trata-se dos assentamentos Santa Irene e São Jerônimo, situados no município de Gogongi, que terão acesso à água potável e de qualidade para o consumo, com a finalização das obras de sistemas de abastecimento. O valor aplicado nas obras foi de R$ 350 mil.

Os trabalhadores rurais do Santa Irene e do São Jerônimo também recebem 500 quilos de sementes de milho, avaliados em R$ 309 mil, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Ates

No assentamento Santa Irene, 30 famílias terão acesso a R$ 600 mil do Pronaf, na modalidade “A”, que serão aplicados na recuperação da lavoura cacaueira e na aquisição de matrizes de gado leiteiro. A casa de farinha do assentamento também foi recuperada com o Crédito Fomento no valor de R$ 252 mil.

Além disso, um caminhão F-4000 zero quilômetro será entregue às famílias. O caminhão é fruto de um projeto elaborado pelo Programa de Assessoria Técnica, Social e Ambiental (Ates) do Incra/BA, aprovado pelo governo do estado e o Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES). No Santa Irene, vivem 81 famílias em uma área de 1 mil hectares.

Casas

No assentamento São Jerônimo moram 18 famílias em 300 hectares. Para a construção das moradias, o Incra/BA aplicou R$ 547 mil do Crédito Aquisição de Material de Construção.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink