Agronegócio

Indea adia início do vazio sanitário do algodão após pedido da Ampa

MT terá 61 dias de restrição da presença do algodão
Por:
922 acessos
O início do vazio sanitário do algodão em Mato Grosso foi adiado para o dia primeiro de outubro. A determinação consta da Portaria 072/2013 do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) publicada nesta quinta-feira (19) no Diário Oficial do Estado e atende a um pedido da Associação dos Produtores de Algodão (Ampa). A previsão inicial era de início do vazio no último dia 15.


Devido à mudança, o período em que os produtores devem evitar o plantio, bem como eliminar as soqueiras do algodão em Mato Grosso será encurtado em 14 dias, já que o término do período de proibição foi mantido no dia 30 de novembro próximo.

De acordo com o fiscal agropecuário do Indea, Rogaciano Arruda, mesmo com essa redução o novo intervalo ainda está de acordo com o que estabelece o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). “O Ministério prevê pelo menos 60 dias de segurança sanitária para evitar a presença do bicudo-do-algodoeiro. Estamos dentro deste parâmetro”.


Os produtores pediram o adiamento porque nem todo algodão havia sido colhido até o dia 15. Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) até a última quarta-feira (13) ainda restavam 3,2% da produção de 452,3 mil hectares plantados para serem retirados do campo.


Para a safra 2013/14 o Imea projeta um aumento de 21% na produção da pluma. Com isso o estado deve colher 834 mil toneladas no próximo ciclo da cultura.

O desrespeito ao vazio sanitário implica em multa de 30 Unidades Padrão Fiscal (UPF) de Mato Grosso, além de mais duas UPFs por hectare não limpo. O valor de cada UPF equivale a R$ 101,74.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink